Mercedes-Benz GLA

Mudança de identidade

Mercedes-Benz GLA deixa de lado o jeito de crossover e assume a identidade de SUV

Mercedes-Benz lança no Brasil o novo GLA, que foi reestilizado, assumindo jeito de SUV, chegando ao mercado em cinco versões, com diferentes opções de motor e equipamentos

De São Paulo - Influenciado pela febre dos SUVs, o Mercedes-Benz GLA abandona sua pegada de crossover e, com a chegada de sua meia-vida, marcada por esta reestilização, assume um jeitão mais SUV. Um dos seus rivais, o BMW X1, fez este mesmo caminho de forma mais drástica ao mudar de geração. Lançado mundialmente em 2014, o modelo é de grande importância para a marca. No Brasil, o GLA é o segundo modelo mais vendido da Mercedes-Benz.

As mudanças visuais foram pensadas para aumentar o caráter SUV, com a adoção de uma nova grade (inspirada no GLS), um para-choque dianteiro com grandes aberturas de ventilação e aplique central na parte inferior, para-choque traseiro com vincos mais pronunciados e um protetor. A suspensão off-road, 3cm mais alta, agora equipa toda a linha, com exceção da versão AMG, que é 4,5cm mais baixa.


Comentários (0)


Deixe um comentário